BS ARARAQUARA - IBITINGA - SÃO CARLOS

Google+ Badge

domingo, 6 de novembro de 2011

A PASSAGEM PELO BGP DE UM CORONEL IMPORTANTE PARA O GOVERNO MILITAR

Cel. MARTINS CARLOS MEIRA MATOS
Nascido em S.Carlos

NOVA CCS/BS-XEREM - Uma bela manhã, ainda no início de nosso período de caserna , em 1964, antes, porém perto do 31 de Março, o Comandante Cel.RAIMUNDO NETO CORREA , na parada matinal diz à tropa que se despede para prestar serviços em outros setores do Exército.Apresenta a tropa ao Major HARDMAN que recebe a mesma, provisoriamente, até a chegada do novo Comandante, que seria o Cel. MARTINS CARLOS MEIRA MATOS, que também ficaria pouco tempo nessa função, passando-a depois ao Cel. DARCY LÁZARO.Pois bem, logo de cara achamos o novo Comandante simpático, de temperamento calmo, falando baixo e , sem necessidade, querendo ser acessível aos subordinados.Quatro a cinco dias depois , estavamos já num clima de "stand by" para alarmes, prontidão. Numa bela tarde, entram uns caminhões de carroceria,fazem uma formação no páteo, unidos pela trazeira,sentido comando>>>cpp/ccs.E somos convidados a ficar ali no páteo pois , sobre aquelas duas carrocerias, transformadas em palanque ou palco, haveria uma apresentação de algum espetaculo, gentilmente oferecido pelo novo Comandante. E, depois de instalado o equipamento de som, eis que surgem alguns cantores que deitavam a cantar coisas de Roberto Carlos, Elvis, o nascente Raul Seixas, e outros.Tudo bem, uma maravilhas. De repente, depois de uns 45minutos m muda o estilo de música, tipo carnaval, teatro de revista ou cabaré ( tipo  ta ta,tararara, elas são tuti.p.....unas grandes .....de la societé, lembram desta:??E entra rebolando uma das grandes artistas do rebolado e das TV Eldorado, Record e Tupi, SALOMÉ PARISI, estava cumprindo compromissos em Brasilia e fora convidada a se apresentar no BGP  e levantar "o moral" da tropa.Fiu, fiu, gostosa, já pro meu beliche era o que mais se ouvia  , aos brados, da "inflamada" platéia (desde quando um bando de periquitos a perigo pode ser chamado de platéia??).E uma chuva de quepes caindo no palco/palanque. Demorei uns 3 dias para encontrar o meu e o dono do qual eu havia  pego, para não ficar "pelado" (sem a cobertura).Havia conseguido pegar um, para ter onde bater a mão,quando fosse bater continência. Esse Coronel, nos dias que esteve no comando, além de apresentar esse Show ainda deu um "up" no cardápio no Rancho.Mais carne, menos batata, mais sobremesa, um refresquinho básico. A gente sabe que ele queria ser amigo da tropa . E amaciar a tropa para o que viria dias depois. Muita prontidão, muita correria, nos dias da Revolução. E ali ficou por um periodo que acho que não chegou a 40 dias. Depois viria o Cel.Darcy Lázaro. Aí, foi outra  estória.Tempos depois ficamos sabendo que o Cel.MEIRA MATOS , tão simpático à tropa do BGP havia sido encarregado de chefiar uma tropa de paz na Republica Dominicana que vivia dias de conflito interno.E, na volta, teria papel importante dentro do Governo Militar que se instalara no país, por 20 anos. Mas aí, já é caso para outra matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário