BS ARARAQUARA - IBITINGA - SÃO CARLOS

Google+ Badge

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

O PILAR MAIS INJUSTIÇADO DA CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA

JOAQUIM MARIA MOREIRA CARDOZO
(1897-1978)
Considerado por NIEMEYER o brasileiro mais culto.Era poeta (parceiro de Manuel Bandeira e João
Cabral de Melo Neto), chargista, editor, filósofo, professor Universitário e engenheiro civil.
Segundo Niemeyer, transformava incertezas em possibilidades.Buscava na Matemática e na
Física , a esbelteza, os vãos e as curvas rabiscadas por ele. (Niemeyer).A sutileza das
colunas do Palácio do Alvorada, apenas tocando o chão e o teto. muito levemente, parecendo
flutuar, leves como plumas e , ainda assim, sustentar um edifício.
JEFERSON TAVARES, da USP-SÃO CARLOS afirmou que ele era "o protesto silencioso
contra a obviedade".
Quando as regras da engenharia de então estabeleciam o máximo de 6% de barras de ferro nas
estruturas de concreto, CARDOZO pôs 20% .Ele foi um transgressor , citou SUSSEKIND, outro
grande calculista de Niemeyer.
O que era Concreto Armado, virou "aço à milanesa", na concepção de Cardozo.
Causou espanto quando calculou as colunas do Alvorada  e `do Planalto, a laje do mesanino
do Ministério das Relações Exteriores e as cupulas do Senado e da Camara.
Até hoje não se sabe como fazia seus calculos, pois não há arquivos e documentos.
Ele intuia as estruturas e depois as calculava.
Dizia:- " as estruturas dos Arquitetos são verdadeira poesia.Trabalhar para que se realizem é
concretizar uma poesia. ".
Morreu triste e solitário, pois era solteiro e não tinha filhos, em 1978, aos 81 anos.
Merece nosso respeito e admiração.
XEREM - BATALHÃO DA SAUDADE
13/Dezembro/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário