BS ARARAQUARA - IBITINGA - SÃO CARLOS

Google+ Badge

sábado, 24 de março de 2012

23º ENCONTRO DO BS - ARARAQUARA - UM EVENTO EM 4 PARTES

NOVA CCS/BS-XEREM - Depois de 3 ou 4 meses de divulgação por vários meios (BLOG BS PAULISTANOS-BLOG BSARARAQUARA-IBITINGA-SÃO CARLOS- http://www.veteranosbgp.com/) , enfim chegada a hora de se fazer a festa .E esta se realizou em 4 partes, começando na noite de 6a.feira, véspera , dia 16 de Março, na Choperia & Pastelaria BARÃO, de propriedade do companheiro de BS, o MANGA, da turma de 66 ( Mulato, Gerson, Décio e outros).Esta reunião foi denominada HAPPY HOUR e contou com a presente de companheiros de 62,63, 64,65 ,66 ...
até  75.Vieram os companheiros e suas esposas. Mais as presenças do Cel. CARVALHO e do Ex-Sgt
ALTAMIR MONTEIRO, aquele do Rio de Janeiro e este , de Goiania. Vieram também companheiros de Goiás , Paraná, Mato Grosso e de várias cidades do Estado de S.Paulo.Lotamos a Choperia do MANGA. Mais de 60 pessoas, se apinhando pelas mesas e cadeiras existentes no local.
Em pé, PAINA (CCS-64) conversa com
JORGE RUGGIERO (CCS-64) e CIDÃO (1A.-63)
e com MALU E LÉO (JORGE E XEREM)

...enquanto lá atrás, sob o estandarte do BS,
SOTRATE, MANÉ, MIGUEL, ZANI E ZÉ ARTUR
também conversam muito à vontade.

SOTRATE (4A.CIA-64) - TUTU (4A.CIA-64) MIGUEL (1A.CIA-64)
ZANI (CCS-64) - ZÉ ARTUR (CCS-64)

...enquanto isso, SOTRATE explica algo a
SELIN  e JOÃO OLIVÉRIO,
ambos da 4a.Cia-64 e de Sertãozinho.

JORGE RUGGIERO (CCS-64) e INDIO (4A.CIA-64)

Senhoras do BS (>>>MALU RUGGIERO-ANGÉLICA ANDRADE-
ANÁLIA TOSTES e VERA SANDRA CUNHA

Cel. CARVALHO - MAURO TAVEIRA - TOSTES

MANCUSO (4A.CIA-64) e Ex-Sgt MONTEIRO

Cel. CARVALHO e RENATO PASSERINE (e esposa , AUREA)

XEREM e PEDRO SARAO

Um comentário:

  1. A CONVITE DO EXCELENTÍSSIMO NEOCLAIR
    APARECIDO RIBAS, VENHO ASSINAR O
    PONTO AQUI.

    PEKOWAL

    oOo

    MAR BRAVIO

    Cavalgar mar bravio, singrando o nó do vento,
    montar a alma blindada, dentro do pensamento.

    Ruir as costas do céu nas vagas do sofrimento.
    Galgar as asas dos deuses envolto neste lamento.

    Saber as coisas da vida. Morrer as coisas da morte.
    Andar andar proibido, fazendo o peito erguido,
    altivo, loquaz e forte.

    Chegar ao raio da luz, sentir o choque eterno,
    futuro, antigo ou moderno.

    O brilho vindo de dentro, quer seja em forma
    de três, de sete ou de cruz

    ResponderExcluir